Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ups... Já nos 40!

Esta sou Eu... sou Mãe, mas acima de tudo Mulher! E já nos 40...

Ups... Já nos 40!

Esta sou Eu... sou Mãe, mas acima de tudo Mulher! E já nos 40...

Coisas de mulheres (e de homens também)

Já há algum tempo que pinto o meu cabelo, não tanto por uma questão de modas mas simplesmente porque os brancos apareceram bem cedo por cá (só uma curiosidade, nasci com 3 cabelos brancos e os meus filhos também nasceram... acho que é hereditário).

Houve uma altura que o pintava em casa com aqueles produtos que se compram no supermercado (mantinha a minha cor "original" que era o preto), mas há uns 4/5 anos voltei a pinta-lo no cabeleireiro. A minha cabeleireira tanto me massacrou (sim, é esse o termo) que lá consegui sair do meu preto, para um castanho mais claro e daí até às madeixas foi um saltinho.

Todos os meses, sem falhar, lá vou eu tratar dos "branquinhos" à minha cabeleireira S.

Não sou de grandes gastos, apenas o cabeleireiro (mesmo por necessidade) e as unhas (estas feitas por uma amiga que até faz um preço acessível).

Mas na minha actual situação, onde puder poupar, poupo. E mesmo gostando muito da minha cabeleireira, hoje decidi passar numa daquelas lojas que vendem produtos cosméticos para revenda e comprar a tinta e fazer eu mesma em casa (com ajuda da minha filhota).

Nos produtos gastei menos de metade que gasto habitualmente na cabeleireira e a bisnaga dá para pelo menos 2 vezes.

Por agora acho que a minha filhota passa a ser a minha personal hair painting. E vocês, costumam recorrer ao cabeleireiro para estes trabalhos, ou fazem vocês mesmo? Contem-me tudo!!

Olha eu a tentar ser fit...

IMG_20160802_212200.jpg

Há quem faça resoluções de ano novo (eu sou uma delas), de início de mês, de início de semana...

Mas hoje, de manhã ao subir para a balança... uiiii... não gostei nada do número que vi e decidi! Vou começar a ter algum cuidado com o que como. 

Isto que começar a fazer dieta "ter cuidado com a alimentação" a uma terça feira em pleno mês de Agosto pode ser um bom presságio.

Pelo menos resisti ao Sr. das bolinhas na praia e à oferta de uma fatia de bolo da minha mãe. Em vez disso, comi fruta... muita fruta. Ainda hoje é o primeiro dia, mas não está mal!

Foco é o que preciso...

Pág. 3/3