Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ups... Já nos 40!

Esta sou Eu... sou Mãe, mas acima de tudo Mulher! E já nos 40...

Ups... Já nos 40!

Esta sou Eu... sou Mãe, mas acima de tudo Mulher! E já nos 40...

Até sempre Avó

06 de Outubro de 2016

O dia amanheceu igual a tantos outros, já se sentindo aquele ar frio das manhãs de outono. Sai de casa como habitualmente, fui deixar os miúdos na escola e dirigi-me ao meu "trabalho". Sabia que ia ter mais uma manhã daquelas, pois estava novamente sozinha e ainda não me sinto confortável em muitos dos afazeres.

Não parei um segundo até perto das 11h, e pouco mais de meia hora depois o telemóvel toca. Olho para o visor e vejo "Pai" a piscar. Não sei, mas naquele momento senti um aperto no coração. Atendo e o meu pai só me diz: "A Avó...." já não consegui ouvir mais nada. Não chorei. Fiquei imóvel por uns momentos a pensar no que o meu pai me disse. 

Só desarmei quando cheguei a casa e vi a minha mãe. Correu para mim a soluçar e a dizer "A Avó... A Avó..." Abracei-me a ela e disse-lhe " A Avó agora está em paz, num lugar melhor e junto do seu grande amor, o Avô".

Ainda não consigo falar muito, ainda está tudo muito recente...

Apesar da tristeza que invade o meu coração, sinto um orgulho enorme nesta Senhora a quem chamo Avó (mas que poderia muito bem chamar segunda Mãe), que era estimada por toda a gente na terra e ontem lhe prestou uma linda homenagem. Fiquei de coração cheio com as manifestações de carinho e conforto que nos deram, a nós família, e sentir que a minha Avó era amada e estimada por todos quantos com ela privaram nos seu 92 anos de existência, dá-me uma enorme alegria.

Deixo-te Avó estas palavras... muitas delas disse-as em vida, quando nos reuníamos para celebrar o teu aniversário. Quis Deus que este ano já não o passes junto de nós, mas sim reunida com o Avô e com tantos dos vossos amigos.

 

Avó, neste momento as palavras escapam-se-me por entres as lágrimas...só te quero dizer que serás sempre, sempre o meu exemplo a seguir, serás sempre a minha inspiração, a minha força. 

És mãe de 8 filhos, avó de 9 netos e bisavó de 10 bisnetos. És e continuarás a ser o nosso pilar. 

A vida nem sempre te sorriu, mas tu sempre tiveste um sorriso para a vida.

Ficámos mais pobres, eu sei, mas também sei que agora estás num lugar melhor, junto do Avô, que acredito te recebeu de braços abertos e cheio de saudades. Aproveito para te pedir que lhe dês um beijinho e abraço meu e diz-lhe que tenho muitas saudades dele.

Acredito que vamos voltar a estar todos juntos, vamos voltar a brincar no baloiço debaixo da laranjeira, fazer as nossas cabanas no teu sótão e saltar ao elástico e à corda na rua...

Olha por todos nós Avó. 

Nunca te irei esquecer (pedias-me tantas vezes para não te esquecer quando partisses, como se isso me fosse possível).

Até um dia Avó...

10 comentários

Comentar post