Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ups... Já nos 40!

Esta sou Eu... sou Mãe, mas acima de tudo Mulher! E já nos 40...

Ups... Já nos 40!

Esta sou Eu... sou Mãe, mas acima de tudo Mulher! E já nos 40...

E mais um mês a terminar...

E hoje mais um mês termina. Amanhã já estamos no mês 10 do calendário, a pouco mais de 2 meses e meio do Natal e final do ano...

No início do mês escrevi que este seria o mês da mudança, mas ainda não consegui que essa dita mudança acontecesse. Continua a faltar-me a força e a coragem para dar o "dito passo em frente", sem olhar para trás. Deveria ser um pouco mais emocional e não tão racional, pois estou constantemente a pensar no "amanhã", no "e depois, como será?", no "será que vou conseguir?", quando também deveria pensar na "minha felicidade", na "felicidade dos meus filhos", na "paz de espírito, serenidade".

Sei que a vida é feita de fases, umas boas, umas muito boas e outras menos boas (não gosto de dizer más), e que depois de uma fase menos boa virá com toda a certeza uma fase boa e outra(s) ainda melhor(es). Mas não posso ficar à espera que as coisas aconteçam por elas, se nada fizer nada irá acontecer...

Amanhã inicia o meu mês. O mês do meu aniversário. 

Para mim este ano não quero bens materiais, só peço uma coisa: encontrar a serenidade e paz de espírito que há muito me abandonou. Conseguir dar o "dito passo em frente", e voltar a ser feliz...

Porque, e como li algures na net, a vida resolve-se sozinha...

O aniversário da minha filha

Ontem foi o aniversário da minha filhota. 15 anos. Como está crescida. Tenho orgulho na miúda que é, na mulher que se está a tornar.

15 anos de tantos momentos bons, de tantas cumplicidades (cada vez mais cúmplices, não sei se pela idade e sermos ambas mulheres, mas sinto-a cada vez mais próxima).

O dia foi passado com 2 amigas cá em casa (uma delas tinha ficado a dormir na sexta), fomos almoçar a uma pizzaria que ela(s) adora(m) (e eu também, confesso) e no final do dia houve jantar cá em casa, onde se juntaram os avós. Ao todo éramos 10 à mesa. 

Mas, apesar do dia bem passado com as amigas, eu sinto uma tristeza dentro de mim. Pela primeira vez não lhe dei qualquer presente no aniversário. A situação financeira não é a melhor, é certo, mas andei até ao dia a pensar o que lhe oferecer e não decidi nada. 

A par disto, sou eu própria que ando com o ânimo completamente em baixo (eu sei que os filhos não deveriam ser afectados por isto mas nem sempre é fácil), sem força para nada, o ambiente em casa anda péssimo, e só decidi fazer o jantar em casa depois de muita insistência da minha mãe (e pensando na minha filha).

Sinto-me péssima por não lhe ter dado nada, mas dei-lhe o que me era possível no momento: a minha companhia, o meu amor, a minha atenção.... mas mesmo assim, sabendo que os bens materiais não são o mais importante, e o que lhe dei é bem superior a qualquer presente caro, continuo a sentir-me mal por não lhe ter dado nada... nem uma simples t-shirt da Berska...

A saga continua...

E novamente no dia dos namorados (desta feita em 2017) estreia a continuação da saga 50 Sombras.

Li os livros todos (ando a arrastar a leitura do Grey, não sei se é por já conhecer a história mas não me entusiasmei com este), e confesso, não fiquei nada eufórica quando o filme foi lançado (nem ao cinema o fui ver, vi no PC). E nunca percebi muito bem a euforia histerismo em volta do filme / livros.

Duvido que vá ao cinema ver a continuação do filme, devo-me ficar novamente pela visualização no PC. Aqui fica o trailer...

 

 

 

Do fim de semana...

No sábado, depois de almoço, agarrei nos miúdos e rumamos ao cimo da Serra aqui perto de casa. Apetecia-me respirar ar puro, ver aquela calmaria, onde a rede de telemóvel não existe. Já há algum tempo que não passava por lá... No meio da Serra encontramos este miradouro com um nome muito interessante :

IMG-20160910-WA0000.jpg

Sentindo-me eu sem rumo, sem saber que caminho seguir, achei caricato as indicações para vários locais do mundo neste sítio perdido do mundo:

IMG_20160910_173021.jpg

Talvez o caminho esteja mesmo à minha frente e eu é que não o estou a ver...

Hoje sinto-me assim...

Confusão.

É a única palavra que me ocorre neste momento. É assim que sinto a minha cabeça, a minha vida, e tudo o que gira em meu redor. Não sei que rumo seguir, apenas sei que quero atingir uma meta: voltar a ser FELIZ!

Mas está difícil. Cada vez mais difícil.

Questiono-me tantas vezes ao dia (e muitas mais durante a noite nos momentos de insónias), para quando a serenidade, a paz de espírito, a calma na minha mente... e até mesmo se conseguirei algum dia voltar a ter isto tudo.

Sinto-me cair, sem força para me erguer re-erguer.

Turbilhão.

É assim que anda a minha mente. Não pára um segundo. Dá voltas e voltas a pensar... vou voltar a ser feliz?

Sei que só eu posso tomar a decisão. Sei que só depende de mim. Mas sinto que não tenho a força necessária para ir em frente com a decisão a tomar.

Hoje sinto-me assim...

 

Setembro...

Vem com tudo...

FB_IMG_1472762640177.jpg

Partilho esta foto da Rádio Comercial, que com o pouco que diz, diz tudo... Mudança! É o mês de recomeços por excelência, de voltar às rotinas diárias, da escola dos miúdos, dos horários rígidos, o cair da folha para renascer um nova uns meses mais tarde. É com este sentimento que quero que venhas Setembro. Com tudo.... e eu aqui vou estar para te agarrar com toda a força e fazer acontecer... a dita MUDANÇA!